Investigadora da FCT NOVA recebe a 2.ª Advanced Grant do ERC, com o valor máximo de 3,5 M€

Professora Doutora Elvira Fortunato

Elvira Fortunato, Professora Catedrática da Faculdade de Ciências e Tecnologia (NOVA), Vice-Reitora da NOVA e Directora do Centro de Investigação de Materiais do Laboratório Associado i3N acaba de obter a segunda Advanced Grant do ERC (Conselho Europeu de Investigação (ERC, na sigla em inglês)) no valor de 3,5 M€, a maior bolsa de sempre atribuída a um investigador português e a maior atribuída pela ERC nesta Call a que concorreram mais de 2160 investigadores a nível mundial.

Desde 2008, das 13 Advanced Grants atribuídas a Portugal, esta é a segunda conquistada pela Professora Elvira Fortunato (FCT NOVA), com o maior financiamento ERC atribuído ao longo destes dez anos ao nosso país.

O projecto intitula-se “Multifunctional Digital Materials Platform for Smart Integrated Applications | DIGISMART” e pretende revolucionar a forma como se fabricam os circuitos integrados e componentes de electrónica, sem recurso ao silício, explorando simultaneamente materiais eco-friendly, com propriedades excepcionais, à nano escala. Paralelamente, pretende-se que o mesmo dispositivo venha a desempenhar mais do que uma função. A função integrada vs circuito integrado não pretende a integração de vários componentes para uma determinada função, mas sim ter um só dispositivo capaz de desempenhar várias funções. Uma das principais características inerentes a este projecto, em todas as suas vertentes, é a utilização de materiais sustentáveis e tecnologias amigas do ambiente.

Em 2008, conquistou o primeiro prémio na área da Engenharia do ERC, com o projecto Advanced Amorphous Multicomponent Oxides for Transparent Electronics | INVISIBLE no valor de 2,25 M€. Este projecto foi também selecionado pelo ERC, em 2011, como um dos projectos de maior sucesso, tendo sido possível instalar um laboratório de Nanofabricação que é uma referência internacional. Espera-se que esta segunda bolsa, destinada à instalação do laboratório de Nanocaracterização Avançada venha ser igualmente uma referência internacional, como nos tem habituado a equipa do CENIMAT, liderada pela Investigadora da FCT NOVA.